Entrevista da Alex para o site Arrow In The Head


O site Arrow In The Head postou uma entrevista feita com a Alex sobre o filme Texas Chainsaw 3D. Como de costume, nós traduzimos para vocês, vejam:

Arrow In The Head: Pelo que eu entendi, sua personagem em Texas Chainsaw 3D descobre que é parente de Leatherface, o que eu imagino ser muito chocante. Você pode falar um pouco sobre como isso vem à tona?
A história é um mistério no começo, ela não sabe nada sobre sua família ou nada disso, e conforme isso vai sendo revelado você começa a ver a evolução da personagem, quem ela era e quem ela se torna. Isso foi muito legal de interpretar. Quando ela descobre o que está acontecendo, é uma ótima reviravolta, isso muda a forma como ela se vê.

Qual é a relação entre ela e Leatherface? Isso é super secreto?
Ela é prima dele. Acho que isso é algo que eu estou autorizada a falar. (Risos)
Como você reagiria se descobrisse que é parente de um assassino canibal?
Não tenho certeza. Como eu mesma, provavelmente eu ficaria completamente horrorizada. Além disso, acho que meus pais teriam muita explicação pra me dar. Acho que eu iria questionar quem eu sou como pessoa, e como minha vida seria a partir disso.
Leatherface é seu único inimigo? Obviamente, ele já é mais que suficiente, mas há algum outro membro da família com quem você tem que lidar no filme?
Há outros membros da família no filme, mas ninguém com quem nós temos que lidar. Leatherface é Leatherface e ele é o vilão, mas há outros obstáculos que são apresentados aos personagens.
O quão familiarizada você é com a série Texas Chainsaw Massacre? Você teve que revisitar o filme original?
Quando eu consegui o papel, eu não havia visto os outros filmes. Eu me assusto muito fácil e filmes de terror são muito eficazes em mim, então eu não assisto muitos filmes de terror. Mas para me preparar para esse, eu assisti ao original e à versão da Jessica Biel, e o original me deixou encantada de tão bom que é. Ele me deixou tão animada por ser parte da franquia, e tão animada para conhecer os atores que estão no filme, e alguns membros do elenco original estão no filme, o que foi uma grande honra. Eu estou realmente empolgada por ser parte disso. E apesar de eu me assustar tanto com filmes de terror, é só porque alguns filmes são tão eficazes, eu fico muito apavorada.
Você está nesse filme e você também participou de Bereavement, que é um filme bem intenso, você está sofrendo algum stress pós-trauma?
(Risos) Talvez! Mas eu acho que ser uma atriz e ter a chance de estar em filmes de terror é meio que incrível porque você tem que aprender a se desdobrar como ator e ir a lugares que você nunca vai na sua vida normal. Às vezes, no final dos dias, eu volto para o quarto de hotel e me sinto meio estranha, porque você iludiu seu corpo a pensar que estava sentindo aquelas coisas mas na verdade não estava. É incrível como atriz fazer isso, porque é completamente diferente do que eu normalmente faço.
Você ficou ensanguentada nesse filme, e mais importante, você teve a oportunidade de ser durona?
Eu tive a oportunidade de fazer os dois. Eu definitivamente fico ensanguentada, e tem vários sustos no filme, é bem assustador. Eu acho que uma das melhores coisas da minha personagem é que ela tem um lado mais corajoso, ela tem essa luta dentro de si, é maravilhoso.
Como foi gravar um filme em 3D? Isso a deixou mais auto-consciente como atriz, ou você atuou como atuaria normalmente?
Isso não afeta minha atuação ou me faz mais auto-consciente, é apenas uma câmera para mim. Mas torna a gravação mais lenta, é só mais uma coisa da qual temos que ter certeza de que está certa, é uma tecnologia complicada. Nós tivemos uma equipe 3D incrível, mas há todas aquelas coisas diferentes - você não pode ter coisas indo para dentro e para fora do plano, todas essas coisas podem atrapalhar o 3D, mas fora isso, como atriz, isso não me afetou.

0 comentário (s):

Olá! Deixe aqui um comentário sobre a postagem acima.

Copyright © 2013 Tema por SoraTemplates e Blogger Templates, modificado por Júlia Falcão.