Nova entrevista da Alex ao site Scene Creek


Uma nova entrevista com a Alex foi postada no site Scene Creek, e pode ser lida em sua forma e língua original aqui, ou confira a tradução que a equipe do ADBR fez:

Alexandra Daddario nunca na vida precisou fugir de um assassino corpulento, empunhando uma serra elétrica, felizmente, então precisar fazer isso nas telas se torna algo especial.

 “Foi difícil de filmar, mas eu me diverti,” a jovem atriz relembra, discutindo a exigência física e emocional da personagem Heather Miller em Texas Chainsaw 3D.  As vezes correndo, saltando, e pendurando-se em uma roda gigante, diz Daddario.

Por toda a dessensibilização do público jovem, a exigência dos fãs de terror, e a facilidade com que o público zomba uma jovem e atraente  mulher que tropeça em seus próprios pés enquanto um assassino a persegue de perto, atuar em um filme de terror requer uma extrema habilidade em set.

“É um nível mais extremo de emoção,” Daddario explica. “Você se coloca em situações que nunca imaginou estar. Você tem que encontrar realidade em uma circunstância completamente inacreditável.”

“Tem algo muito desafiador e grande em ser uma atriz tentando realizar seu trabalho da melhor maneira.”

Daddario estava preparada para o aspecto físico do filme, por ter filmado dois filmes com a mesma exigência física para a série Percy Jackson, o qual o segundo filme será lançado mais tarde deste mesmo ano. Para os aspectos emocionais e mentais, é tudo sobre as pessoas.

“Tania Raymonde e eu fomos perseguidas, estávamos gritando e chorando, e nós alimentamos uma a outra,” ela diz. “Você começa a ficar muito assustado e preocupado com a outra pessoa, é instinto.”

“Há experiências pessoais que podemos recorrer para nos fazer mais histéricas e cheias de desespero, sendo que você precisa ser capaz de colocar essa mesma emoção para aumentar a veracidade da coisa."

Quando se trata do assassino, de qualquer maneira, Dan Yeager que interpreta Leatherface, permanecia longe durante a filmagem do filme na maioria das vezes.

“Você fica ainda mais assustada se não há brincadeiras e um relacionamento, faz com que as coisas fiquem mais fáceis para se trabalhar”, diz Daddario, “Ele tem uma intensidade que faz com que você fique verdadeiramente assustada com o que ele está fazendo."

Apesar dos gritos e choros histéricos intermináveis por um bom tempo e dias quentes, Daddario é grata pela chance de participar de uma série tão icônica e de um filme que se define como a continuação imediata do original.

Enquanto ela se divertia fazendo um filme de terror, a jovem atriz parece se irá se manter encontrando diversos papeis, especialmente depois da rigorosa experiência. “É uma coisa de adrenalina; seu corpo só está no modo de sobrevivência.”

Ser perseguido por um cara mascarado carregando uma serra elétrica tem esse efeito, certamente.

0 comentário (s):

Olá! Deixe aqui um comentário sobre a postagem acima.

Copyright © 2013 Tema por SoraTemplates e Blogger Templates, modificado por Júlia Falcão.