Nova entrevista da Alex para site italiano


Foi divulgada uma nova entrevista da Alex para o site MSN italiano, onde ela fala um pouco sobre O Mar de Monstros e Texas Chainsaw 3D. A entrevista, obviamente, está em italiano, então fizemos o melhor possível para traduzi-la. Confiram:

O quanto você mudou ao longo dos últimos quatro anos? Como atriz, você tem ficado mais confiante?
Na verdade, eu sempre fico nervosa no primeiro dia no set. Nesse caso, nada mudou. Isso, no entanto, me encoraja a dar o meu máximo. No caso de Percy Jackson, achei o segundo mais agradável no sentido de eu não ter estado mais desorientada. Na época [do primeiro filme], eu fingia estar à vontade. Eu não estava.


Sobre ser californiana, você recentemente se mudou para Los Angeles, abandonando a Big Apple. O quão difícil foi isso?
Muito difícil no início. Eu não tinha carteira de motorista, e sem carro você não pode ir a lugar algum. Eu pensei que o ônibus seria suficiente, mas não é tão fácil quanto em Nova York. Eu gosto que em Los Angeles é ensolarado, a comida é espetacular e [a cidade] nunca para. Ainda vou levar mais alguns anos para me acostumar. 
Eu li que, para se preparar para a parte física, você faz yoga. Como você começou?
Uma amiga me recomendou. Inicialmente parecia loucura, mas eu comecei a praticar diferentes formas. No começo, é impossível, mas quando você pega a prática, você começa a entender melhor seu corpo. 
Você tem algum ritual secreto que gosta de praticar antes de entrar no set?
Sim. Antes de cada cena emocionalmente forte, eu tento chorar. Eu choro para me preparar para alcançar essas emoções. Isso aconteceu no set de Texas Chainsaw 3D, especialmente quando tive que filmar cenas noturnas aterrorizantes. O yoga fez o resto, já que as temperaturas na Louisiana eram impossíveis de aguentar. Durante esse tempo, no entanto, eu tinha pesadelos. 
Conte-me sobre a reação da sua família a respeito do trabalho de um ator...
Eles sempre me apoiaram muito. Às vezes, no entanto, eles têm problemas para assistir aos meus filmes: no caso de Texas Chainsaw 3D, por exemplo, minha mãe teve que sair da sala algumas vezes. Com ela estava minha irmã que segurava minha mão o tempo todo. A verdade é que minha mãe não queria ver o filme, mas entendeu que era importante para mim. 
De volta a Percy Jackson, como é importante para você se tornar o símbolo de uma plateia de fãs mais jovens?
Eu amo crianças. Acho que poder inspirar jovens é a coisa mais linda. Eu me lembro de quando eu era criança, ia ver shows na Broadway e esperava por horas para conseguir autógrafos dos atores. Hoje, me encontro no outro lado e sinto que isso é muito importante. 
Qual é um filme que te inspirou a ser atriz?
A Pequena Sereia! Eu sou uma pessoa que gosta de musicais: eu vi Les Misèrables na Broadway pelo menos uma dúzia de vezes. 
A última pergunta é a que eu sempre faço: quais cartazes você tinha em seu quarto quando era pequena?
Cartazes de bandas: Dave Matthews Band, mas também 'N Sync e Backstreet Boys!

0 comentário (s):

Olá! Deixe aqui um comentário sobre a postagem acima.

Copyright © 2013 Tema por SoraTemplates e Blogger Templates, modificado por Júlia Falcão.