Alex responde perguntas sobre True Detective no HBO Connect


Após a exibição do segundo episódio de True Detective no último domingo, o HBO pediu que espectadores enviassem perguntas para a Alex através do HBO Connect sobre a série. Hoje, ela selecionou 12 dessas perguntas e respondeu no site. Segue a tradução de todas as perguntas e respostas:

Pergunta: O que você mais gosta sobre True Detective?
Alex respondeu: Eu acho que é uma história incrível. Além disso, o clima. É sombrio e filosófico. E o ritmo da série leva a isso. Leva tempo para desenvolver personagens, e eu amo ver séries fazendo isso.

Pergunta: Como foi trabalhar com Matthew McConaughey e Woody Harrelson?
Alex respondeu: Eu trabalhei mais com o Woody do que com Matthew, mas ambos foram incrivelmente simpáticos. Woody me deixou bem confortável nas cenas mais íntimas. Quando eu soube que eles estavam fazendo um projeto juntos eu sabia que tinha que ser algo muito especial para atrair esse tipo de talento, e eu tenho muita sorte de fazer parte disso.

Pergunta: Alex, o que te atraiu na sua personagem e na história de True Detective? Você gostou do local das filmagens?
Alex respondeu: Eu gostei do desafio de interpretar uma personagem completamente diferente de qualquer coisa que eu já fiz antes. Ela é bem sombria e problemática, em um mundo com outros personagens defeituosos. A história era irresistível e extremamente complexa e interessante. E estar no set na Louisiana me ajudou a imaginar aquele mundo. Eu já filmei lá antes e é um dos meus lugares favoritos.

Pergunta: O quão importante você acha que é um ator ter uma relação forte com seu personagem? Você acha que se conecta com a Lisa assim?
Alex respondeu: Eu acho que em quase todos os personagens há algo com que eu posso me relacionar. Todos nós temos partes sombrias e perversas tanto quanto temos partes boas e honestas de nós mesmos. Se você procurar o suficiente, vai encontrar algo que faz o personagem funcionar para você. Como atriz, parte do meu trabalho é interpretar e incorporar essa existência.

Pergunta: Em uma palavra, como você descreveria Lisa?
Alex respondeu: Confusa.

Pergunta: True Detective teve uma estreia incrível, a série com certeza vai te trazer ótimas oportunidades. Então, quais outros trabalhos você tem esse ano?
Alex respondeu: Eu tenho um filme com Anton Yelchin e Ashley Greene chamado Burying The Ex e um filme que eu filmei em casa em Nova York chamado Unreachable by Conventional Means.

Pergunta: Para quem você está torcendo no Super Bowl?
Alex respondeu: Eu não tenho acompanhado direito porque meus Giants estão de fora. Mas eu amo futebol americano e tenho certeza que no dia vou escolher um time me baseando no quão bonito é o quarterback.

Pergunta: Há alguma similaridade entre Lisa Tragnetti e Alexandra Daddario?
Alex respondeu: Nós duas usamos algemas. Brincadeira.

Pergunta: Atuar nessa série do HBO foi um novo desafio?
Alex respondeu: Sim, foi um papel desafiante para mim mas eu acho que quanto mais eu desafio a mim mesma, mais eu cresço como atriz, então eu estou bem orgulhosa de ser parte dessa série.

Pergunta: Se você pudesse dar alguma dica para a sua personagem, o que seria?
Alex respondeu: Não durma com homens casados.

Pergunta: Que tipos de livros você lê?
Alex respondeu: Eu amo os livros do Steve Martin. Sua auto-biografia é incrível. Eu também recomendo "The Pleasure of My Company". Eu amo Augusten Burroughs e comprei todos os livros dele de uma vez só. Comece com "Running With Scissors" e se gostar, eu recomendo todos os livros dele. Também amo David Sedaris. Eu recomendo bastante "When We are Engulfed in Flames". Eu amo esses livros porque eles lidam com melancolia e a confusão do mundo e da nossa existência mas de um jeito humoroso.

Pergunta: O que te fez querer ser atriz?
Alex respondeu: Eu sempre gostei de ler e eu amo histórias. Eu sou fascinada por quem são as pessoas e por que elas fazem o que fazem. Eu amo filmes como um jeito de mostrar às pessoas o mundo ao redor delas, e os filmes e livros que eu vejo e leio me inspiram muito. Quando eu era criança e adolescente, toda vez que eu via um filme, eu saía do cinema pensando, "então isso acontece com outras pessoas e essas pessoas se sentem assim", isso tornou a vida mais fácil de entender, então eu comecei a ver mais e aproveitar mais a vida. Poder fazer parte das coisas que me inspiram é absolutamente incrível.

0 comentário (s):

Olá! Deixe aqui um comentário sobre a postagem acima.

Copyright © 2013 Tema por SoraTemplates e Blogger Templates, modificado por Júlia Falcão.